quarta-feira, 22 de junho de 2011

Oração do nome mais bonito da cidade

E o porteiro pergunta:

- Teu nome?
- Kelen.
E a faxineira comenta
- Uma mistura de Keli com Elen, né?
Sorri meu sorriso cansado:
- É, é sim.

E a história do meu nome consegue ser mais comprida e mais chata que a Oração da Banda mais bonita da cidade. Chamar Kelen não é tão simples quanto pensa...


segunda-feira, 20 de junho de 2011

Me dê motivos

"De que adianta falar de motivos; às vezes basta um só, às vezes nem juntando todos."
(Saramago)

domingo, 19 de junho de 2011

Meia Maratona de Floripa

- Isso, hidrata que 'ce merece nossa Irongirl.

O meu abraço apertado e suado a esse manezinho da Ilha querido e a todo resto da equipe de apoio da Meia Maratona de Floripa que foi demais!

Mas o momento mais marcante da prova foi a chegada da última corredora, uma senhora sorridente, 3hs e 20min depois da largada, recebida com aplausos e lágrimas de todos os presentes.
É sensacional fazer parte dessas provas, a superação de cada um emociona demais. E não me sinto mal por ter completado a prova no mesmo tempo que pessoas completaram uma maratona completa. Pelo contrário, me sinto completa por ter chegado lá do meu jeito.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Então

Então a Web Jet não tem mais serviço de bordo. Então ela oferece um cardápio com sanduíches, pagos. Então na metade do corredor os sanduíches acabam. Então eu, sem almoçar, sentada da metade do corredor pra trás, surto. Entao todos os outros passageiros almoçam batatas Sensações, também pagas, sem reclamar. Então eu tenho a sensação de ser uma palhaça. Ou uma louca. Ou os dois.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Desbravando São Paulo de Kombi.

Eu e o motora:

- Na verdade Dona Kelen, eu não sou motorista, eu alugo brinquedos tipo cama elástica, piscina de bolinhas, touro mecânico ... e também faço pedra pra jazigo. Se conhecer alguém querendo morrer é só me chamar.


Toca o telefone:


- Oi. Dona Solange? Claro! Vai querer? Confirmado.
- E ai, alguém querendo morrer?
- Cruzes dona Kelen, era só uma piscina de bolinhas...

.:.
- O que a senhora acha, que a gente tá adiantado, atrasado...
- Depende da nossa próxima parada.
- Mas assim, em aspas, tá na média?

Assim, em aspas, o próximo assunto foi o número de pedras que o primo dele tirou da vesícula.

.:.
Andar de Kombi o dia inteiro ataca o ciático.
.:.
- Tô de aniversário hoje, viu Dona Kelen? 35 anos!
- É mesmo Marcos? Parabéns! E não vai ter festa?
- E 'ce já me largou, por acaso?

terça-feira, 14 de junho de 2011

Delícias de inverno

E a cozinha se manteve deliciosamente aquecida durante os últimos três dias com o calor proveniente do forno elétrico esquecido ligado. Deliciosa mesmo, vai ser a conta de luz no mês que vem.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Bruna Surfistinha

"Chega uma hora que toda mulher tem que tomar uma decisão: se ela vai ser feliz ou se ela vai ser magra".
A Debora Surfistinha Secco optou por ser magra. Eu optei por ser feliz.

domingo, 12 de junho de 2011

Salário

Salário de jogador de futebol deveria ser pago proporcionalmente ao número de vitórias conquistadas. Eu pelo menos não ganho absolutamente nada quando não projeto porcaria nenhuma.

Dia dos namorados

O namorado ideal? Vai ser aquele que eu vou conhecer uma hora dessas, num lugar qualquer, onde vai estar tocando a música daquela banda que eu não lembro o nome. Não vai ser amor a primeira vista e assim que os nossos olhos se cruzarem meu coração vai continuar batendo no mesmo ritmo. Vai ser tão diferente do que eu sempre sonhei, que vai ser perfeito.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Elen com K

- Prazer, Kelen.
- Como?
- Kelen.
- Ah, entendi. É Elen com K.

Isso. Tipo Iago com T, Ariana com M...

Honestidade, um caso de amor

Gritei eu te amo da minha janela como há muito tempo não gritava. Não me apaixonei, só me emocionei com o taxista que me devolveu a sacola que havia esquecido no táxi.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Away

Ando ausente.
Mas hoje, depois de reler um e-mail escrito por mim mesma, consegui achar alguma explicação (?) para isso.

"Via blog, via Facebook, ou via falecido Orkut, vi várias vezes pessoas conhecidas, pouco conhecidas ou totais desconhecidas se aproximarem de mim gostando do que viam, ou melhor, do que liam na minha vida virtual, ou seja, se encantando com uma personagem. Enquanto isso, via paralelamente a isso, essa mesma personagem afastando pessoas da sua vida real de alguma maneira que eu estou incansavelmente tentando descobrir qual é para não voltar a repetir. Acho que nunca quis tanto aprender algo na vida quanto ando querendo aprender a lidar com as pessoas, e me incluo nelas. Porque eu ando mais do que tudo, querendo aprender a lidar comigo."

Ando ausente. Mas nunca me senti tão presente.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Baralhinho do Momento

A Carta SOLTA é uma carta de alforria, uma mensagem de liberdade, uma coisa leve sem gravidade. Sem medo. Sem apego. Uma certa irresponsabilidade. Um apelo. Um desejo. É uma ordem pela desordem. Solta! Deixa correr a criança. Liberta! Crie essa fera numa cela aberta. Larga essa formiga pesada! Ninguém aguenta mais peso do que o chão. Solta as amarras da barcaça e deixa partir. Dá adeus. Solta ele! Me solta! Se solta!
(Katia Suman no Sarau Elétrico)

sexta-feira, 3 de junho de 2011