segunda-feira, 21 de junho de 2010

Baby, do you wanna dance?

Faz tempo que repito: todos os dias acordo com a sensação de que sempre estou devendo alguma coisa para alguém. Assim que o despertador toca e eu abro os olhos, já estou atrasada para alguma coisa. E então entrei em uma rotina frenética pra tirar esta sensação de mim, lutando contra o relógio que insiste em correr, contra a cama que insiste em me segurar, contra o sono que insiste em bater. Tudo pra cumprir todos os compromissos, ara riscar os itens da lista de pendências, pra não deixar ninguém na mão. E de repente comecei a acordar com uma sensação ainda pior, de que mais do que nunca devia muito pra alguém. Esse alguém era eu.
.:.
Faz tempo que observo a vida das pessoas próximas a mim e nunca consigo deixar de me intrometer e aconselhar. Ainda que não seja nenhuma especialista, escuto histórias, absorvo os sentimentos alheios, me coloco exatamente naquele lugar e me desdobro pra ajudar elas a tentar não cometer erros, principalmente quando são aquele erros que eu conheço tão bem porque tantas vezes cometi. E de repente me dei conta que enquanto isso, sigo eu aqui, cometendo os mesmos erros de sempre.
.:.
Faz tempo que não passo por aqui. Talvez as frases curtas das (nem tão) novas manias da Internet estejam suprindo minha intensa necessidade de comunicação com o outro lado da tela, seja lá com quem for. Ou talvez, mais do que nunca, eu esteja precisando de realidade pura, simples e palpável, sem nenhuma tela. Entre mim e seja lá quem for. 

10 comentários:

Luciane Slomka disse...

Adorei o novo layout do blog.
E minha resposta para esse teu post é: just keep on dancing! Bjos saudosos!

Kelen disse...

Também adorei o layout, só não sabia que a troca levaria embora todos os meus antigos comentários...
E sempre, sempre "Dancing (alone) like no one's watching".
beijos!

Pilar Martinez disse...

tu sempre escreve o que eu preciso ouvir. ou vai ver que é porque tu escreve que penso nelas e me dou conta de algumas coisas que realmente preciso reavaliar.
enfim, o que quero dizer, (de novo, mais uma vez) adoro o blog, então segue te motivando a escrever porque os leitores vão ficar orfãos se todo mundo abandonar blogs em função de twits. :)

pra aproveitar, estou correndo! corro pouco, 5 km, mas já me sinto realizada! era um sonho antigo e fazia tempo que eu tava super sedentária. entrando e saindo da academia com 2 meses de intervalo... faz um post de dicas! haha não é o perfil do blog mas vai me ajudar!

beijos!!!

Dé disse...

Enfim o ar da graça!!!
Layout ficou lindo, eu ja tinha reclamdo do outro mesmo né? eheheh
So o que nao da tando é isso de ficar semanas sem escrever e so dar bola pra twitter (coisa que nem pretendo aprender a fuçar).
Saudadeeee.
Bjos

Kelen disse...

Layout bem pronto que peguei do blogger, Dé, prova da minha atual falta de critividade total! Também quero minha vida normal de volta, e meu tempo pra isso aqui e muitas outras coisas que deixei pra trás...
.:.
... uma das coisas que ficou para trás no último mês foi a corrida Pilar, e só eu sei todos os lugares onde isso reflete (e vai muito além da balança!)! Então, maior falcatrua eu dar dicas justo agora. Mas se tem uma dica que sempre vale é: não pára! Não deixa que nada acabe com a TUA rotina e transforme tua vida numa rotina definida pelos outros!

Luciane Slomka disse...

Bah, tambem parei totaaaal de correr. Sinto falta das provas, daquela adrenalina!! E ainda por cima sabado lesionei o joelho no volei!!! É....essa história de depois dos trinta é fogo mesmo!!! :)
Ainda bem que a cabecinha, essa só melhora com a idade!!!
Bjao

Pilar Martinez disse...

agora não me sinto tão estranha aqui!
: )

(se bem que interceptar alguém que não se conhece no meio da arezzo é mega estranho... mas é como te falei, tenho boa memória visual. desculpa se foi incômodo ou chato, sou impulsiva! ps: aquele dia comprei uma sapatilha linda por 50! barateza!!)

Anônimo disse...

Passei pelo blog,gostei!
Parabens!
Tati

AnA disse...

Kelen,
Que tri teu blogue, não conhecia. Super me identifiquei com teus textos.
Somos piscianas e coloradas, talvez seja isso. :P

Ana Pri.

Kelen disse...

Ana colorada piscina querida! Volte sempre, apesar das teias de aranha no blog!
.:.
Obrigada Tati!
.:.
Pilar! Não teve nada de estranho, nem te preocupa. Eu é que tive que sair correndo pra minha reunião! Pode continuar se sentindo em casa!
.:.
Lu, é com muito orgulho que te digo: tô correndo sagradamente de novo!
:)